Moradores do Distrito Industrial, em Ananindeua, na região metropolitana de Belém, reclamam que não conseguiram ser atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro. Segundo os relatos, foi usado um produto químico no piso do hospital e o cheiro incomodava a todos no local. Pacientes disseram que somentes casos graves estavam sendo atendidos.

Em nota, a prefeitura de Ananindeua informou que serviços de restauração do piso causou o cheiro forte de tinta e que já foram concluídos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a UPA está em pleno funcionamento.

Pacientes da UPA reclamam de interrupção de atendimento na unidade. — Foto: Carlos Brito / TV Liberal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here